Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 56 anos de tradição.
 
O que foi notícia na semana
 
Foto: Divulgação

Na última quarta-feira (10), às 5h30 da manhã, o painel do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) atingiu a marca de R$ 1,3 trilhão, com 11 dias de antecedência em relação ao ano passado (21/07/2018). O valor corresponde ao total de impostos, taxas, multas e contribuições pagas pelos brasileiros, desde o primeiro dia do ano para a União, os estados e os municípios. Datas - virada de R$ 1,3 trilhão: 10/07/2019 - 21/07/2018 - 08/08/2017 - 30/08/2016 - 28/08/2015 - 11/09/2014 - 29/09/2013 - 25/10/2012 - 14/11/2011 - 2010 - não foi atingida.

Na última quarta-feira (10), o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, falou que deve apresentar até o final deste mês ao presidente Jair Bolsonaro um novo programa para substituir o Mais Médicos. O governo federal pretende editar no mês que vem medida provisória alterando o Programa Mais Médicos e reincorporando parte dos profissionais cubanos. No começo deste ano os médicos do programa tiveram de sair com o rompimento do acordo de colaboração entre Brasil e Cuba, mas a ideia é que voltem a trabalhar na atenção básica do SUS (Sistema Único de Saúde) por um período de até dois anos. Terminado esse prazo, será preciso fazer a revalidação do diploma.

Na última quarta-feira (10), o Vaticano anunciou a saída do Monsenhor Massimo Palombella do cargo de maestro-diretor da Capela Musical Pontifícia, nome oficial do coro da Capela Sistina. O brasileiro Marcos Pavan foi designado para o seu lugar. De acordo com o comunicado da Santa Sé, o Papa Francisco acatou o “pedido do maestro para encerrar suas funções”. Em setembro passado, o líder da Igreja Católica havia autorizado uma investigação sobre possíveis fraudes financeiras no coro. Marcos Pavan é de São Paulo e tornou-se padre na diocese de Campo Limpo, Zona Sul da capital. Estudou técnica vocal e canto gregoriano em São Paulo e Nova York e foi membro do Coro Lírico do Theatro Municipal.

Na última quinta-feira (11), o Ministério da Educação (MEC) lançou uma “carta-compromisso” para objetivos na Educação Básica até 2022, além de uma meta geral para os próximos 12 anos. Chamado de “Compromisso Nacional pela Educação Básica”, o texto deverá ser usado como um plano estratégico para as políticas da pasta. Está incluso pontos como tornar o Brasil referência em Educação Básica na América Latina até 2030, construir 4 mil creches até 2022, ampliação da carga horária de escolas públicas para diminuir a evasão escolar. Conectar 6,5 mil escolas rurais em todos os estados à internet. Implementar 108 escolas cívico-militares no País até 2023. Estabelecer trilhas de formação de professores da Educação Básica até 2020.
 
Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919


Doe

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2019 ©.