Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 56 anos de tradição.
 
Editorial
 
O Rodoanel Norte, dita como uma das principais obras viárias do País, já amarga mais de três anos de atraso e 2 bilhões de prejuízo aos cofres públicos. A situação é tão grave que o governo do Estado precisa reavaliar seus custos, contratos, o quanto já foi de fato construído e a qualidade dessas obras. Sem contar que, tanto tempo parado (parcialmente desde setembro/08 e totalmente a partir deste ano), as obras já realizadas se deterioram.

Além de tudo isso, quem vive na Zona Norte sabe melhor do que ninguém os impactos gerados pelas obras. Especialmente quem mora nas áreas próximas à Serra da Cantareira, viu ao longo desse período os impactos na estrutura viária dos bairros, as desapropriações, o avançar pelas áreas verdes e agora, as consequências do abandono das obras.

Uma delas, é o aumento das áreas invadidas e ocupações irregulares. Esse alerta já foi feito há décadas, desde que o traçado do Trecho Norte era discutido. Como acontece ao redor de rodovias em todo o País, as ocupações irregulares crescem e, além dos impactos ambientais, estão centenas de famílias vivendo em precárias condições de moradia, sujeitas a toda sorte de desabamentos e desastres naturais.

Essa é uma situação urgente que o governo do Estado de São Paulo precisa dar uma resposta e um direcionamento, independente se as responsabilidades são de “gestões anteriores”. A sociedade, principalmente a parcela da população diretamente atingida com impactos urbanos e desapropriações, já deu sua contribuição para a construção do Rodoanel Norte. Agora, essa obra precisa ser retomada e transformada em benefício para a Capital como é prometida há pelo menos duas décadas.

Ainda nesta edição, destacamos o 81º aniversário do bairro Jardim São Paulo, lembrado oficialmente no próximo dia 17/7. Desde sua formação, Jardim São Paulo é tido como um dos melhores bairros da Zona Norte, por suas áreas verdes e por ser predominantemente residencial. Desde 1998, a chegada do Metrô agregou ainda mais qualidade à esse bairro, com a maior mobilidade.

Para o próximo dia 27/07, a Associação Amigos do Mirante do Jardim São Paulo, programa uma festa popular na praça localizada junto à Estação do Metrô que já é aguardada pela comunidade. Ainda nesta edição, destacamos um dos problemas de limpeza e manutenção de córregos da cidade, dessa vez o trecho do Córrego Cabuçu, localizado ao longo da Avenida Antônio Maria de Laet.

Essas e outras informações estão neste número de A Gazeta da Zona Norte, que reúne ainda as dicas da programação que acontece nos espaços públicos da região. Uma boa leitura a todos, um ótimo final de semana e até nossa próxima edição! 
 
Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919


É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2019 ©.