Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 56 anos de tradição.
 
Coluna de Meditação *
 
Século Avançado
O canto da ave, o sussurro da fonte, essa brisa, esse ar, dão o sustentáculo da natureza, como clima iluminado, e o farol da barra indica guarda, vigilância constante, a fim de não pecar ou prevaricar o direito humano de cada um.

Quando o homem souber entender o seu semelhante nos mínimos detalhes, será um mago no mistério da encarnação; como profeta, o bem deve ser a profecia esclarecedora num século em que o avanço e desenvolvimento espiritual, estão de vento em popa, qual nave singrando o oceano da vida.

O Cristo entendeu a fundo o ser humano, pondo-o de acordo, cada um com seu sistema, dando-lhes ênfase, ensinando-os através da Evangelização, sendo o exemplo da profissão de fé, carregando consigo o carisma natural.

Então aí entra a questão raciocinar, fazendo o que pode e muitas vezes o que não quer. Só assim esse minuto sagrado estará convosco até a consumação dos séculos.

Redimidos dos pecados qual ave alvissareira no espaço a fora, liberdade em expansão, na busca do paraíso astral, qual zodíaco do amor, esse é o desejo de todo ser mortal.

Recolhendo material, sempre que possível, fazei da vossa tarefa um eterno festival de boa vontade.

De acordo com as normas tende Deus no vosso mirante, e orai para não cairdes em tentação; é seguir: Orai e vigiai.

A disciplina comanda o espetáculo na Terra, o homem cumpridor do seu dever obedece à natureza que lhe ronda o pedaço de chão que pisa.

Não é um rebate falso, mas uma arremetida de vencedor dessa jornada terrena que é o trabalho no seu todo.
fio Do forno ou fornalha sai o pão nosso de cada dia, da meditação sai a prece sacrossanta.

Ao clarão milagroso da prece, despertai enlevados e felizes, para submissão aos superiores desígnios e tudo o que vos parece aflição e dor, no campo físico, converte-se em um recurso de sublimação e ventura, no plano espiritual.

Todo progresso da civilização terrestre depende da economia sobre cuja base repousa todo o edifício da organização social.
O homem é o semeador que não despertou ainda.

Distraído cultivador, pergunta: que farei!?

E o tempo silencioso responde com ensejos benditos:

De servir: ganhando autoridade. De obedecer: conquistando o mundo. De lutar: escalando os céus.

Vedes aí a subida nesse escalão de operários do Pai como cultivador da graça divina.

Enquanto vossa tarefa surgir formosa, bela, esperando o toque final dizei: amém vossa sementeira, acima de tudo, permanece em prever e prover, abençoar e ajudar sempre.

O serviço ao próximo reconquista o respeito e a serenidade, perante a vida.

Inflame-vos ainda e sempre, no Ideal de servir com o Senhor.
Entre as paredes do templo familiar, preparai-vos.
Para os grandes testemunhos, reservou o Senhor os grandes galardões.

Trabalhar e sofrer são talvez os maiores bens que vossa alma pode recolher nos pedregulhos da Terra.

A caridade nos pensamentos, nas palavras e ações, é o processo de renovar vossas almas.

IRMÃ LÚCIA

*Coordenação anterior da saudosa Maria dos Santos Silva, esposa de nosso Fundador.
Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919


É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2019 ©.