Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 57 anos de tradição.
 
Auto & Moto
 
Foto: Chuttersnap on Unsplash

Seguradora explica como manter o carro funcionando durante a quarentena

Durante essas semanas em que muitas famílias se recolheram em suas casas, devido à pandemia do novo coronavírus, o carro acaba sendo menos utilizado. Para evitar que o veículo apresente problemas em peças e sistemas, é preciso atenção a alguns detalhes, para não ficar na mão na retomada à rotina, ou em alguma emergência.

1- Dê partida no motor: ligar o carro pelo menos uma vez por semana, por volta de 10 minutos, já é suficiente para manter as peças mecânicas lubrificadas e a bateria ativa. Esta prática deve ser realizada em garagens abertas e bem ventiladas, se o veículo ficar em uma garagem fechada, recomenda-se que o usuário dê uma volta no quarteirão com o veículo. Em hipótese alguma realize o procedimento em garagens fechadas, pois os gases do escapamento são tóxicos e podem causar envenenamento por monóxido de carbono. Rodar com o veículo é importante para que todos os sistemas que compõem a parte eletrônica, funcionem de forma adequada.

2- Os pneus devem ser observados: se houver espaço na garagem, ou estacionamento coletivo, dirija um pouco o carro para evitar a deformação dos pneus - importante também os manter calibrados na pressão máxima recomendada pelo fabricante, já que o veículo permanecerá parado.

3- Fluidos e filtros precisam seguir em dia: verificar o estado dos filtros e os níveis dos fluidos necessários para o bom funcionamento, são imprescindíveis para prevenir a deterioração de peças internas. É aconselhável ainda manter o tanque de combustível cheio. Lembre-se que os fluidos são trocados, quando o veículo atingir a quantidade de quilômetros prevista pelo fabricante de óleo e/ou montadora e também pelo tempo decorrido da última troca, o que chegar primeiro.

4- Cuidado aos sistemas elétricos e eletrônicos: além da parte mecânica, os componentes elétricos e eletrônicos devem ser ativados periodicamente, como: vidros elétricos, painéis, ar condicionado, controles de regulagem de assentos e espelhos e câmeras de ré.

5- Seguro garante total con­forto: em casos de pane a MAPFRE está preparada para prestar uma série de assistências e ainda proteger contra colisão, roubos, furtos ou danos a terceiros, por exemplo. Para o diretor de Provedores, Tulio Dias Carvalho, mesmo estando com o veículo parado na garagem e depois de seguir todas essas orientações, é importante manter este bem protegido. “Os segurados da MAPFRE seguem contando com todas as assistências contratadas em casos de emergência. Entre março e abril a MAPFRE já prestou cerca de 65 mil serviços de assistência, tendo como destaque, mais de 23 mil auxílios mecânicos. A companhia também concedeu benefícios aos clientes em período de renovação, adotando as mesmas tarifas do ano passado em apólices que mantiveram o veículo e as coberturas contratadas, anteriormente. Também permitiu parcelamento do pagamento sem cobrança de juros”, pontua.

 
Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729






Veja as duas últimas edições
Ed. 2909 Ed. 2910

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2020 ©.