Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 57 anos de tradição.
 
Editorial
 
O avanço dos números da covid-19, no Brasil e, principalmente no Estado de São Paulo levam a seguidas tentativas de combate à pandemia, através do isolamento social. Na última semana, ao menos duas alternativas foram adotadas, repentinamente no Estado e na cidade de São Paulo, com a volta do rodízio de veículos em sua forma original e a antecipação de dois feriados municipais (Corpus Christi e Consciência Negra), além do feriado estadual de Nove de Julho, para esta segunda-feira.

Dessa forma, a Capital conta com seis dias consecutivos de feriados, num esforço para que os índices de isolamento atinjam ao menos, a média registrada aos finais de semana, superando os 50%. Na última quarta-feira (20), em entrevista coletiva, o governador João Doria admitiu que depende do sucesso dessa iniciativa, para evitar a decretação de medidas drásticas como o lockdown, na qual as pessoas só podem circular para atividades essenciais e, caso abordado pela polícia, deve justificar o motivo de estar na rua.

Ao admitir essa possibilidade, o governador Doria, lamentou o fato do Brasil ter superado a marca de mil óbitos num só dia, provocados pela covid-19 e, também anunciou o aumento de leitos em parceria com unidades privadas para evitar um possível colapso do sistema de Saúde. Por outro lado, há uma grande expectativa para a retomada gradual, das atividades comerciais paralisadas na quarentena. A data de 1º de junho chegou a ser anunciada pelo governador como marco para o afrouxamento do isolamento social, como acontece em outros países.

Porém, como mostram os últimos acontecimentos, nada ainda pode ser determinado antes que os números de contaminações e mortes desacelerem no País. Cada Estado e Município trabalha com medidas específicas que variam, desde o lockdown em vigor em algumas cidades do Nordeste e a volta das atividades em outros pontos do País.

O fato é que, tanto o Estado, quanto a Capital paulista, continuam como o epicentro da doença e ainda é preciso melhorar os índices, para que a tão sonhada reabertura possa, efetivamente ser adotada. O principal apelo das autoridades é de que todos possamos fazer o máximo esforço para que esses objetivos possam ser alcançados e todos os setores possam, aos poucos, retomar as atividades em busca de uma recuperação econômica.

Paralelamente à quarentena, algumas obras de zeladoria e limpeza continuam em andamento na cidade, como temos divulgado a cada edição. Nesta semana, destacamos a limpeza de dois córregos na região de Perus. Além disso, acompanhe nesta edição a programação cultural que, atualmente se vale da tecnologia para continuar levando ao público entretenimento, apesar da obrigatoriedade do fechamento dos espaços públicos.

Essas e outras notícias estão neste número de A Gazeta da Zona Norte que continua em sua forma on-line, até que possamos retomar também nossa edição impressa. Uma boa leitura a todos, um ótimo final de semana com muita saúde e paz e até nossa próxima edição! 
 
Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729






Veja as duas últimas edições
Ed. 2909 Ed. 2910

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2020 ©.