LIGUE 180



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 58 anos de tradição.
 
Editorial
 
Neste domingo (12), comemoramos o 109º aniversário de Vila Guilherme e, na próxima terça-feira (14), os 151 anos do bairro Jaçanã. Ambos são muito importantes para a Zona Norte, pois cada um tem sua história, seu desenvolvimento e suas instituições e serviços. Na região de Vila Guilherme, destacamos dois importantíssimos locais históricos que, hoje, são inseridos na comunidade com serviços essenciais.

Entre eles está o Parque Vila Guilherme Trote, aberto ao público em 2006 no aniversário do bairro, esse é um dos maiores parques da cidade. No seu aspecto histórico, sediou até a década de 2002 a Sociedade Paulista de Trote, que na década de 40 e 50, viveu seu apogeu com as corridas de Trote e grandes eventos que atraíam a elite paulistana para a região. Em sua área, estão algumas edificações dessa época, ainda não recuperadas. 

Tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Compresp) em 2013, o parque é constantemente alvo de reclamações, quanto a sua manutenção e zeladoria. Além disso, há uma demanda por melhorias como a possibilidade de intensificar a arborização, uma vez que tem grandes áreas descampadas que poderiam receber mais vegetação.

Ainda assim, o parque traz muitos benefícios e valorização para a região de Vila Guilherme, por isso, toda a preocupação local é preservar para melhorar. Outro local histórico transformado em equipamento público a serviço da comunidade é a Casa de Cultura Vila Guilherme. Inaugurada em 2016, está sediada no antigo “Casarão da Vila Guilherme” onde funcionou o primeiro Grupo Escolar do bairro. Na década de 1990, abrigou também a sede da então Administração Regional Vila Maria/Vila Guilherme. 

Depois de um longo período desocupada, a edificação chegou a um grave estado de deterioração, que quase impediu a sua recuperação. Porém, a população local sempre reivindicou a melhoria desse importante marco histórico, objetivo hoje concretizado.

A história também se faz presente em vários locais no Jaçanã. Desde o Hospital São Luis Gonzaga, inaugurado em 4 de setembro de 1904 como Leprosário Guapira, popularmente chamado de “Hospital dos Morféticos”, até o Hospital Geriátrico de Convalescentes Dom Pedro II, sediado em prédio projetado por Ramos de Azevedo e inaugurado em 1911.

Porém, o mais belo registro histórico do Jaçanã está no “Trenzinho da Cantareira”, cantado em versos de Adoniram Barbosa. Os problemas de cada região existem e se repetem a cada ano. Desde os pontos de acúmulo de lixo e entulho, vias sem manutenção, deficiências nos serviços públicos e o drama dos alagamentos nas épocas de chuvas intensas. Essas reivindicações justas, devem ser alcançadas a cada dia. Mas também é necessário preservar e valorizar a história de cada região, intensificando a sensação de pertencimento e buscando melhorias.

Nesta edição, acompanhe ainda as principais informações sobre a vacinação contra a Covid-19, demandas regionais e dicas sobre programação dos equipamentos culturais da Zona Norte. Uma boa leitura a todos, ótimo final de semana e até nossa próxima edição!
 
 Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729

 
Veja as duas últimas edições
Ed. 2973 Ed. 2974
 

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2021 ©.