LIGUE 180



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em diversos bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 59 anos de tradição.
 
O que foi notícia na semana
 
Foto: Ricardo Stuckert

Foto: Isac Nóbrega/PR e Clauber Cleber Caetano/PR
Considerando o eleitorado paulista, pesquisa Genial/Quaest mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), segue liderando as intenções de voto para presidência com 39% das intenções. O presidente Jair Bolsonaro (PL) continua em segundo lugar com 28%. Em terceiro aparece Ciro Gomes (PDT) com 8%. João Doria alcança 4% da preferência do eleitorado do Estado de São Paulo. 

Pesquisa de intenção de votos elaborada pela Genial/Quaest aponta que a disputa pelo Governo do Estado de São Paulo tem, em primeiro lugar com 30% das intenções de voto, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT). Em segundo está ex-governador Már­cio França (PSB), com 17%. O ex-ministro da Infraestrutura Tarcísio Freitas (Republicanos), aparece com 10% das intenções de voto e o governador Rodrigo Garcia (PSDB), candidato à reeleição, com 5%.

Um avião de pequeno porte caiu em uma estrada vicinal da região de Boituva, que fica a 120 quilômetros da capital no interior de São Paulo, na tarde da última quarta-feira (11). O Corpo de Bombeiros informou que 11 pessoas foram encontradas no local, duas pessoas morreram. A Associação dos Paraquedistas de Boituva confirmou a morte de André Luiz Warwar, de 53 anos, e Wilson José Romão Junior, de 38. 

Na última quinta-feira (12), o governo da Finlândia confirmou que irá aderir à Otan, provocando uma reação da Rússia. Essa é considerada uma das consequências políticas mais sérias da guerra na Ucrânia. O presidente Sauli Niinisto é o principal responsável pela política externa da Finlândia, atuou para orquestrar o afastamento do país de uma longa história de não alinhamento militar. “A Finlândia deve solicitar a adesão à Otan sem demora”, disseram Niistro e a primeira-ministra Sanna Marin em declaração conjunta. 

O Kremlin reagiu à declaração da Finlândia, afirmando que a possível adesão à Otan significa uma ameaça e que “tomaria as medidas necessárias” para garantir a segurança da Rússia. Moscou não detalhou quais seriam essas medidas.
 
 Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729
 
Veja as duas últimas edições
Ed. 3004 Ed. 3005
 

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2022 ©.